sexta-feira, 27 de novembro de 2009

VEM DORMIR COMIGO.

Tem dias que a noite é longa.
A semana tem dez dias.
Se fosse o mês... quarenta e cinco.
A cama é grande assim mesmo?

A comida não tem gosto.
A água tem, e é horrível!
As crianças, adoráveis; só assim te sinto.

Alguns amigos vêm e vão.
Eu fico. Quase em vão.
Mas não.

It´s already dawn
Quarenta e quatro de nove dias.

O travesseiro quase me faz bem
Já sinto fome de novo; e sede também
As crianças, adoráveis; ainda só assim te sinto.

Nem o rio, que me chama, me leva.
E fico. Como não?

Voce está chegando
Prá enfim dormir comigo.

4 comentários:

  1. caio cesar e kacilene pinheiro 6c20 de maio de 2011 10:23

    eu achei muinto legal porque fala da noite q ele fica sem dormi que a noite e longa ele tem sede tem fome das crianças que a semana tem dez dias e nimguem vem dormi com ele tambem e no final vem aquela pessoa dormi com ele e foi isso q eu entendi do texto vem dormir comigo .

    ResponderExcluir
  2. GABRIEL RICARDO 6C20 de maio de 2011 10:24

    GOSTEI DESSE POEMA .POR QUE ELE FALAR DA VIDA DO HOMEM GUANDO VAI DORMIR E È ASSIM QUE O HOMEM VIVER DORANTE A NOITE .

    ResponderExcluir
  3. lility e juliana 6c20 de maio de 2011 10:27

    eu lilite gostei dessa poessia porque ele comta que a noite esta fria e ele presisa de alguem pra dormi com ele e emfim ele encontra que ela chega pra dormi com ele.

    eu juliana amei essa poessia por que ele conta que a noite esta fria que quase o o travisseiro lhe faz bem e em fim ela chega pra dormi com ele.

    ResponderExcluir
  4. foi muito bom sobre homem viver duramte a noite o texe e muto bom e o texto mais im teresante que eu vavi

    ResponderExcluir

Sem perder a educação, deixe seus comentários e opiniões.